Select Menu

Jornal O FOCO, 16 de março de 2012 - Jupy Junior - jupyjunior@jornalofoco.com.br - e-mail: redacao@jornalofoco.com.br - Anuncie no Jornal O FOCO: 2687-0406

"Ninguém me procurou"

Quando O FOCO chegou à pequena sala que serve de sede do PT em Itaguaí, Adriana Salomão - ela prefere este sobrenome ao "Oliveira", por ser "mais forte" - estava varrendo para deixar o ambiente mais limpo e organizado.
Limpeza e organização são duas palavras que muito acrescentam à missão que o Partido dos Trabalhadores tem a enfrentar no próximo pleito. Depois de perderem um possível candidato com chances de sucesso - o vereador Abeilard Goulart se decidiu pelo PMDB e pode acabar não disputando a prefeitura - é tempo de realinhar as expectativas e buscar novos horizontes. Por enquanto, apesar dos boatos - sim, eles são muitos - o PT mantém ainda acesa a chama da candidatura própria: é o que garante a presidente Adriana Salomão.

PRÉVIAS ADIADAS
O PT havia marcado as prévias para o domingo (4). Elas foram adiadas para 1º de abril, segundo rumores, porque o partido estava estudando possibilidades de alianças nas majoritárias. Tudo mentira, diz Adriana. "Nós temos um calendário, e ele não ficou completo, ficou faltando uma data, e isso acabou interferindo nas prévias" - explicou
ela, que descartou motivos políticos para o adiamento. Em dezembro, Wesley (do Banco do Brasil) lançou pré-candidatura com a presença de Benedita da Silva, figura emblemática do partido. Mas as prévias decidirão entre ele, Wilson e Missionária Goretti para as majoritárias.

POSIÇÃO INDEFINIDA
Adriana disse a O FOCO que o PT ainda não definiu se é oposição ou situação. Ela não descarta possíveis alianças, embora reforce que hoje trabalha por uma candidatura própria. "Ninguém me procurou ainda" - garante, e acrescenta: "Se tem alguém do PT tem conversado com possíveis candidatos, eu desconheço. Se tem alguém que está conversando, esse alguém poderia aparecer, seria melhor para o partido". Como o PT não tem tradição na cidade, Adriana usa a parábola bíblica para definir o próximo desafio das urnas: "será Davi contra Golias". "Mas eu acredito no PT, sou positiva e confiante" - declara a presidente.
O PT já tem um programa de governo para Itaguaí, mas Adriana não arriscou um palpite para as prévias. "Isso é com os filiados, ninguém sabe o que anda na cabeça deles" - disse Salomão, pensativa.
Quanto ao fator Alexandre Valle, Adriana garante que nada mudou. Pelo menos por enquanto. A presidente disse que há "um certo receio" em procurar o PT por causa da indefinição das prévias. "Depois dessa definição, tudo vai mudar" - disse ela.

Jornal O FOCO, 16 de março de 2012 - Por Jupy Junior - jupyjunior@jornalofoco.com.br - e-mail: redacao@jornalofoco.com.br - Anuncie no Jornal O FOCO: 2687-0406

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top